Postagens

DICAS PARA LEVAR SUA FRANQUIA AOS EUA

Imagem
Antes de expandir sua franquia em território estrangeiro, o franqueador deve saber sobre a região que pretende atuar, assim como as diferenças culturais, legislação e burocracias (sim, aqui também tem!). ​ Antes de tudo, fazer uma pesquisa de mercado, no caso dos Estados Unidos, observar a legislação do estado que tem interesse, pois aqui as regras e leis são distintas de estado para estado. É importante vir, vivenciar, respirar os ares americanos para entender como seu produto ou serviço será adequado e customizado ao gosto dos americanos. ​ Vejo que algumas marcas pensam em atingir o público brasileiro residente aqui, sim, tem um baita mercado, mas na minha visão, bastante volátil! O real mercado são os americanos, não se esqueça. ​ Percebendo a dinâmica do seu nicho, visitado ou feito benchmark com concorrentes, conversado com americanos, chegou a hora de definir o modelo de entrada do seu negócio nos EUA(falaremos mais em outro post).  ​ Por fim, conte com especialistas que possam te…

MERCADO DE LUXO - SOFRE OU NÃO COM A CRISE?

Imagem
Franquias de produtos supérfluos, de luxo, voltados para a Classe A e B, se questionam se as vendas tem tido impacto por conta do atual cenário.  O resultado foi muito interessante, por isso quero compartilhar. Cheguei à conclusão que precisamos trabalhar melhor as equipe de vendas, que as vezes usa a "crise" como desculpa para a baixa performance.

A pesquisa foi realizada pela Qualibest, com um grupo de 227 mulheres, com renda familiar superior a R$ 30 mil.

Grafico 1: Comportamento de compra nas viagens internacionais


Gráfico 2: Comportamento de compras no Brasil

O comportamento de compra por produto, os itens nacionais que mais cresceram foram: Roupas 64%, Joias 62% e calçados 42%.
Em qual categoria sua franquia se enquadra? Como está preparando sua estratégia de marketing e sua equipe?
Grande abraço,
Erica Andrade
Tags: Luxo, mercado, crise, internacional, compras, franquias, equipe de vendas

FRANQUIAS DE REPASSE

Imagem
Nesse momento atual de desaceleração econômica do mercado, muitos empresários estão mudando sua estratégia empresarial e também familiar. As situações são as mais diversas: tem empreendedores ampliando seus investimentos, outros fazendo downsize, outros ainda mudando saindo das grandes capitais e migrando para o interior, litoral e principalmente, para o exterior.
As movimentações são muitas e o resultado disso é um crescimento de franquias sendo repassadas ou fechadas. Neste post, quero apresentar as vantagens e desvantagens de assumir a compra de uma franquia existente e também os cuidados na negociação, tanto com o franqueado atual, quanto com a franqueadora.
Vantagens - Para a franqueadora da marca: Melhor opção para evitar o fechamento da unidade e evitar o encolhimento da sua rede, perdendo mercado para a concorrência; - Para o franqueado atual: ao repassar sua unidade, recupera uma grande parte do seu capital imobilizado e tem menor impacto emocional (ver sua loja tendo continuidad…

FRANQUIA HOME BASED: ECO JARDIM

Imagem
A Eco Jardim é perfeita para quem procura uma franquia baseada em home office. Baixo investimento e baixo custo mensal, a franqueadora oferece todo suporte para o franqueado. E o melhor, não precisa entender de jardinagem.

"O jardim e os espaços verdes serão o escritório do novo empresário Ecojardim, para isso, gostar da natureza e das pessoas que utilizam aquele espaço é imprescindível para a felicidade do próprio franqueado" - Site da empresa

A Eco Jardim trabalha com serviços de jardinagem e tem investimento inicial a partir de R$ 37 mil e faturamento médio mensal de R$ 10 mil. Não é necessário receber clientes ou fornecedores no escritório, o franqueado vai à casa do cliente para realizar o serviço. Necessita de 1 a 3 funcionários.

A franquia possui 2 unidades próprias e 63 franqueadas.


Instalação/Investimento inicial: R$ 16.000,00
Taxa de franquia: R$ 20.000,00

Royalties: R$ 800,00 - Salário Mínimo vigente

Taxa de propaganda: 2% 

O que a franqueadora oferece de suporte ao franq…

DRYUP - LAVAR CARROS PODE SER UM ÓTIMO NEGÓCIO

Imagem
São Paulo - Durante 2011, o empreendedor Guilherme Gmeiner, de 35 anos, passou várias noites em claro no aeroporto de Los Angeles, nos Estados Unidos. Ele estava lá para acompanhar o trabalho dos funcionários que limpam a fuselagem dos aviões entre uma e outra viagem. A missão fez parte de um treinamento antes de Gmeiner incluir a limpeza de aviões e helicópteros entre os serviços prestados por sua empresa, a rede paulista de lavagem de carros DryUp. "Estive em Los Angeles a convite de um empreendedor americano que é dono de uma fabricante de produtos para limpeza de aviões", diz Gmeiner. "A experiência ajudou a entender o processo antes de aplicá-lo por aqui."
Quais os motivos para que uma rede de lava-rápidos comece a oferecer serviços de limpeza de aeronaves? Segundo Gmeiner, a diversificação visa aproveitar o atual momento da aviação civil.
Dados do último Anuário Brasileiro de Aviação Geral mostram que o país tem a segunda maior frota de aviões e helicópteros…

ABERTURA DE NOVOS SHOPPINGS DEVE REDUZIR ALUGUÉIS

Imagem
De acordo com a Cushman & Wakefield, haverá uma aumento de oferta de shopping nos próximos 3 anos significativo. A expectativa é que varejistas de beneficiem deste maior índice de lojas vagas.

A área de vendas poderá ser aumentada em 1,5 milhão de metros quadrados. Esta nova demanda de oferta de lojas, concentradas principalmente no sudeste deve aumentar o efeito já perceptível atualmente em vários shoppings: o número de vacâncias. Puxando assim o aluguel para baixo.

Este movimento pode até ser saudável, equilibrando os custos, que chegam a ser proibitivos para a maior parte de formatos de negócios. Essa grande oferta, ainda é reflexo do crescimento dos anos passados, em que o vareje crescer de modo acelerado.

Mas o cenário econômico mudou, o crescimento desacelerou, e o varejo está patinando. E pode haver impacto nos shoppings daqui pra frente. De acordo com dados do IBGE, o comércio encerrou 2012 crescendo 8,4%, mas em 2013 o crescimento foi metade disso.

Alguns shoppings poder…

NOVAS ESTRATÉGIAS DO GRUPO PÃO DE AÇUCAR

Imagem
A rede de supermercados do Grupo Pão de Açúcar está promovendo novos focos de expansão, como minimercado e "atacarejo". sob comando do Grupo Casino, a rede pretende inaugurar nos próximos 2 anos, novas 650 lojas nestes formatos.
O Grupo, conta com as bandeiras Extra, Pão de Açúcar e Assaí, deverão liderar o mercado.  E entre essas marcas, duas aparecem como carro-chefe: o atacarejo Assaí, adquirido em 2007, e o modelo de bairro, com as bandeiras Extra Minimercado e Minuto Pão de Açúcar, recém-inaugurada, nos jardins, bairro nobre de São Paulo.
A estratégia do Grupo Pão de Açúcar faz frente com o seu maior concorrente, o Carrefour, que com o novo comando desde dezembro de 2013, não inaugura nenhuma nova loja desde 2010.
A chilena Cencosud, quarta no ranking mundial, também está a todo vapor. Dona das bandeiras Gbarbosa, Bretas, Prezunic, Perini e Mercantil Rodrigues, a empresa finalizou a interação das marcas, após um período de redução do quadro de funcionários e queda na m…