Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

MINAS ESTÁ NO ROTEIRO DE EXPANSÃO DA REDE ACQUAZERO

Franchising Fair BH será o foco para atrair potenciais investidores na região de 3 a 5 de novembro
Minas Gerais, com um PIB superior a R$ 215 bilhões e uma população com mais de 20 milhões de habitantes, é o terceiro maior Estado do País, cuja região metropolitana da capital tem população superior a 5 milhões de habitantes.
O mercado de franquias no Estado movimenta R$ 15,3 bilhões por ano, o equivalente a 6,3% do Produto Interno Bruto (PIB) de Minas e gera mais de 44 mil empregos diretos. Os dados são de pesquisa por uma empresa de consultoria e pesquisas setoriais.
No ranking das cem melhores cidades para se abrir uma franquia no Brasil, Minas Gerais entrou com 10 localidades. A Capital ficou na terceira posição, Uberlândia em 28º, Juiz de Fora em 29º, Contagem,  em 41º, Uberaba, no Triângulo Mineiro, em 57º, Ipatinga, no Vale do Rio Doce, em 74º, Montes Claros, na região Norte do Estado, em 81º, Betim, ficou com o 86º lugar seguido por Governador Valadares em 87º e Divinópolis, na reg…

MEGAMATTE PROMOVE A MEGAÇÃO CIDADANIA

A rede MegaMattepromove, dia 10 de outubro, aMegAção Cidadania, em homenagem ao Dia das Crianças. Todo o lucro arrecadado com a venda do mate 100% orgânico (cerca de R$1,00 por copo) será revertido para  instituições carentes como o Espaço Educacional Cantinho Feliz, em Santa Teresa, e Cruzada América, no Shopping Nova América, Rio de Janeiro. Com o objetivo de promover a consciência social, a estimativa da rede é ajudar crianças de dois a seis anos de idade.

FRANQUIAS BUSCAM ESPAÇO NA AMÉRICA LATINA E NA ÁSIA

A Ásia e a América Latina estão cada vez mais na rota de franquias que desejam internacionalizar a marca.
Na América Latina, existem 328 unidades brasileiras -47% das 694 que têm presença no exterior. A Ásia, que conta com 10% do total, também tem atraído redes, segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising).
A ida para os países vizinhos deve-se principalmente à adaptação de produtos -menor, devido à afinidade cultural- e à facilidade logística, segundo especialistas.
A Hope, de moda íntima, é exemplo de rede que aposta na América Latina: inaugura neste mês sua primeira franquia na Argentina. A marca conta com outras cinco unidades no exterior -duas em Israel e três em Portugal.
As escolhas dos destinos foram pautadas pelo interesse de investidores locais, segundo o diretor comercial da marca, Carlos Eduardo Padula. "O maior desafio é aprender como o consumidor local vai olhar para a sua marca."
O presidente da Água Doce Cachaçaria, Delfino Golfeto, concorda que o gosto do…

MICROFRANQUIAS ATINGEM 85% DO MERCADO NACIONAL

Imagem
Com investimentos de até R$ 50 mil, as microfranquias devem puxar o crescimento de 15% previsto para o setor este ano, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). As perspectivas continuam muito positivas para o ano que vem, quando deve ser aprovado o SuperSimples, cujo benefício é destinado a micro e pequenos empresários.
Com 260 marcas e 12 mil unidades espalhadas pelo Brasil, as microfranquias já representam cerca de 85% do mercado de franquias no País. A movimentação financeira do segmento é da monta de R$ 3,6 bilhões (4,6% do faturamento total). O fenômeno é explicado, em parte, pela participação crescente da classe C no negócio de franchising.
Os locais mais procurados para a entrada do pequeno empresário no setor, de acordo com Ricardo Bomeny, presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF), estão nas lojas de rua, principalmente, em decorrência dos altos preços do aluguel dos shoppings brasileiros.
Exemplo desse crescimento é a rede Brou'ne, casa especial…

DESTINOS TURÍSTICOS NO EXTERIOR SÃO BOAS OPORTUNIDADES PARA FRANQUIAS

Imagem
Por Mariana Iwakura, de Punta del Este

Os destinos turísticos dos brasileiros no exterior são lugares de destaque para as redes de franquias que desejam se internacionalizar. “As de alimentação, sobretudo, têm boas perspectivas, assim como as de vestuário”, afirma Maurício do Val, diretor do Departamento de Políticas de Comércio e Serviços do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). “Em Orlando, por exemplo, os turistas ficam agoniados por não encontrarem opções de restaurante. Se houvesse mais redes atuando nesses nichos, fariam sucesso de cara com os brasileiros. E, depois, despertariam o interesse local.” 
Durante a 11ª Convenção ABF do Franchising, que acontece até 6 de outubro em Punta del Este, no Uruguai, Val afirmou que o programa Brasil Maior, lançado recentemente pela presidente Dilma Rousseff, dá às franquias um papel importante, pois elas podem exportar bens e serviços com o apoio do governo federal. “Há hoje diversas ferramentas para quem quer ex…

FRANCHISING: EMPRESAS PRECISAM ESTRUTURAR MELHOR SEUS NEGÓCIOS, DIZ PESQUISA

Imagem
SÃO PAULO – As franquias  nacionais precisam melhorar a estrutura de seus negócios. Ao menos é isto o que acredita a Vecchi Ancona Consulting. De acordo com a pesquisa “Modelo de Gestão das Franqueadoras”, divulgada na sexta-feira (23), das 85 empresas franqueadoras filiadas à ABF (Associação Brasileira de Franchising), cerca de 35,7% deram nota sete à profiss ionalização da própria rede – a escala variava de um a dez. No segundo lugar do ranking, com 23,2% das menções, se destacaram as empresas que avaliaram a profissionalização de seu negócio com a nota oito. A nota cinco foi dada por 19,6% das entrevistadas – o equivalente a 16 organizações. Expansão em focoAinda segundo a pesquisa, 80,4% acreditam que contar com um bom franqueado e um ponto de qualidade sejam fatores essenciais para assegurar a ampliação das redes. Contudo, na opinião da Vecchi, para que isso ocorra de maneira satisfatória, algumas adequações se fazem necessárias, especialmente no que diz respeito à visão de negócios …