DRYUP - LAVAR CARROS PODE SER UM ÓTIMO NEGÓCIO


São Paulo - Durante 2011, o empreendedor Guilherme Gmeiner, de 35 anos, passou várias noites em claro no aeroporto de Los Angeles, nos Estados Unidos. Ele estava lá para acompanhar o trabalho dos funcionários que limpam a fuselagem dos aviões entre uma e outra viagem.
A missão fez parte de um treinamento antes de Gmeiner incluir a limpeza de aviões e helicópteros entre os serviços prestados por sua empresa, a rede paulista de lavagem de carros DryUp.
"Estive em Los Angeles a convite de um empreendedor americano que é dono de uma fabricante de produtos para limpeza de aviões", diz Gmeiner. "A experiência ajudou a entender o processo antes de aplicá-lo por aqui."

Quais os motivos para que uma rede de lava-rápidos comece a oferecer serviços de limpeza de aeronaves? Segundo Gmeiner, a diversificação visa aproveitar o atual momento da aviação civil.

Dados do último Anuário Brasileiro de Aviação Geral mostram que o país tem a segunda maior frota de aviões e helicópteros de uso particular do mundo, com mais de 13.000 aeronaves. "Esse mercado está ganhando importância, e a concorrência para a limpeza de aviões ainda não é tão forte", diz Gmeiner. 
Segundo os cálculos de Gmeiner, um contrato de aviação chega a ser 30% mais rentável que os serviços prestados num lava-rápido, como lavagem a seco e limpeza de peças.
Embora tenha entrado no mercado de aviação há menos de dois anos, a DryUp já atende clientes importantes, como a Força Aérea Brasileira, que mantém os aviões utilizados pela presidente Dilma Roussef f, além de empresas de táxi-aéreo e donos de aviões e helicópteros. 
Recentemente, alguns executivos têm feito pedidos especiais. “Eles querem que a DryUp limpe seus barcos e iates”, diz Gmeiner. "Acabei descobrindo uma nova vocação." 
Os novos serviços têm ajudado Gmeiner a se recuperar de um susto. Em 2010, quando a DryUp se expandia pelo modelo de franquias, o crescimento acelerado começou a afetar as margens da empresa.
"Tive de buscar alternativas mais rentáveis para crescer", diz ele. "Desde que entramos no mercado de aviação, nossa margem total cresceu 15%." Em 2013, a limpeza de barcos e aviões deverá representar quase 10% do faturamento. 
Atualmente, a DryUp está dividida em seis regiões do país, onde mantém contratos de licenciamento com outras empresas. Das 29 lojas, sete já podem prestar serviços para donos de barcos e aviões. Gmeiner também tem incentivado os membros da rede a fechar contratos com concessionárias e grandes empresas com frotas próprias de carros.
Marca:DryUp Atelier de Beleza Automotivo
Website: www.dryup.com.br
E-mail:franquias@dryup.com.br
Telefone:(11) 4328 0013
Segmento:Lavagem de Veículos
Número de unidades na rede:28
Faturamento médio / mês (R$):35.000
Retorno do investimento (meses):12 a 18 meses
Royalties:R$ 600,00 a R$ 1.200,00
Taxa de publicidade:não cobra
Taxa de franquia (R$):16.000,00 a 42.000,00
Investimento total inicial (R$):100.000,00 a 300.000,00
Associado a ABF – Associação Brasileira de Franchising:
Não

SOBRE O NEGÓCIO: 
Sistema Ecológico de Limpeza Automotiva, com serviços diferenciados que agregam valor à operação.
Fontes: Exame e Franquia Ideal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRANQUIAS BRASILEIRAS INTERNACIONALIZADAS

A HISTÓRIA DO MC DONALD'S

Por que padronizar a rede?