Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

FRANQUIAS: É POSSÍVEL CRESCER SEM EXPANDIR O ESPAÇO FÍSICO?

O mundo das franquias pode também confundir os futuros empreendedores que optam por esta modalidade de negócios



Para o futuro empreendedor que deseja adquirir ou abrir uma franquia, seja ela de qualquer segmento, o mundo do franchising dispõe de um leque de opções enorme. Porém, um entrave, não muito visível aos olhos do futuro empresário, pode revelar até que ponto a franquia conquistará mercado. Ou seja, será possível expandir a atuação sem ampliar o espaço físico, ou, então, sem precisar adquirir mais uma franquia na mesma cidade?
Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) revela que o faturamento do setor cresceu 20,4% em relação ao ano anterior, alcançando a marca de R$ 76 bilhões, ante os R$ 63 bilhões de 2009. Para 2011, a entidade espera um crescimento de 15% para o setor.

Amparado por números atrativos e pujantes perspectivas, o mundo das franquias pode também confundir os futuros empreendedores que optam por esta modalidade de negócios. Ao mesmo tempo em que os núme…

ABF FRANCHISING DEVERÁ GERAR 130 MILHÕES

Imagem
Após receber o maior evento do setor supermercadista do mundo - a Apas 2011 - será a vez da capital paulista sediar a mais esperada feira de negócios de franquias da América Latina, a ABF Franchising Expo, que acontece de 8 a 11 de junho no Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte. 
Realizado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) e organizado pela Brazil Trade Shows (BTS), o evento tem como característica principal a geração de oportunidades de negócios em um setor que, no ano passado, faturou mais de R$ 75bilhões. 
"A feira é um dos motores da expansão do setor, pois é o momento onde se consolidam as marcas e cresce a adesão de novos investidores", afirma Ricardo Camargo, diretor executivo da ABF. A previsão, para 2011, é que o segmento de franquias cresça 15% no País. 
De acordo com a ABF, a 20ª edição do evento contará com mais de 400 expositores, 13 delegações internacionais, público estimado de 45 mil visitantes e deve movimentar R$ 130 milhões em negócios. "A…

BOAS NOTÍCIAS PARA O VAREJO

Imagem
As vendas nas lojas instaladas em shopping centers devem manter ritmo de crescimento em linha ao registrado no ano passado, mesmo com as medidas de restrição ao consumo impostas pelo governo - como as medidas macroprudenciais e o aumento de juros -. A afirmação foi feita ontem pelo presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Nabil Sahyoun. "As vendas no primeiro trimestre foram muito positivas, mesmo com a forte base de comparação com o ano passado, e deveremos manter este crescimento (em 2011), puxado pelos indicadores (macroeconômicos) positivos e pelos investimentos", afirmou, durante evento, em São Paulo, promovido pela Alshop. Sahyoun disse que a entidade projeta um aumento nominal das vendas entre 9% e 11% para este ano, frente a um crescimento de 10% observado em 2010 pelas varejistas instaladas em shopping centers. Segundo ele, atualmente são 124 centros de compras em construção e outros 90 em projeto. "Teremos uma média de inaugurações …

FRANQUIA HAVAIANAS QUER CONCORRER COM CHOCOLATE E PERFUMES

Imagem
São Paulo – Atuando no mercado de franquias há pouco mais de dois anos, a Havaianas já inaugurou mais de 150 lojas no país. A rede foi uma das que mais cresceram no último ano, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).    Embora a operação gere receita para os franqueados – o faturamento médio mensal de uma unidade é de aproximadamente R$ 80 mil – e para a franqueadora, seu principal valor para o grupo Alpargatas, dono da Havaianas, não está no volume de vendas do canal, mas sim no posicionamento estratégico que ele garante à marca. “Mais do que um produto, é uma loja que vende um conceito”, explica Rogério Bastos, diretor de varejo da Alpargatas. “O cliente que vai à loja faz uma compra diferente, com um caráter mais emocional. Não encaramos o varejo de sapatos como concorrente da loja Havaianas. Queremos que o cliente a veja como uma alternativa a uma loja de perfumes ou de chocolates na hora de comprar um presente, por exemplo”, detalha o executivo. Para garantir o sucesso…

FRANQUIAS ESPECIAIS PARA O PÚBLICO INFANTIL

Imagem
De serviços a roupas, as crianças estão cada vez mais conscientes do que querem consumir e impulsionam o mercado focado no público infanto-juvenil. Os pequenos são responsáveis por 15% do faturamento do setor têxtil, mais de 4,5 bilhões de dólares, por exemplo. De olho neste público, muitas marcas de franquias começam a segmentar seus serviços e fisgar as crianças para que os pais paguem por mimos como academia de ginástica e brinquedos. Confira a seguir cinco franquias especializadas no público infanto-juvenil. TIP TOP No mercado há quase 60 anos, a fabricante de roupas infantis só entrou para o sistema de franquias em 2008, para tentar expandir e fugir da crise econômica mundial. A empresa, que faz parte da TDB Têxtil, detentora das marcas Quatí e Las Olas, também comercializa seus produtos em oito mil lojas multimarcas. O parque industrial da marca tem capacidade para produzir 2,2 milhões de peças por mês.


Uma loja exige investimento inicial a partir de R$ 369 mil e o prazo para retorno…

A HISTÓRIA DO MC DONALD'S

Imagem
O McDonald's é a maior e mais conhecida marca do planeta, com mais de 30 mil restaurantes e 1,5 milhão de funcionários distribuídos por 121 países. Em 2001 o faturamento mundial atingiu a marca de US$ 40,6 bilhões e hoje o McDonald's registra média de 46 milhões de clientes atendidos por dia – ou cerca de 17 bilhões por ano. Para se tornar essa marca que corresponde a quase metade das redes internacionais de restaurantes fora dos Estados Unidos e cerca de dois terços das vendas nesse setor em todo o mundo, o McDonald's percorreu um longo caminho. 
A história começou em 1954, quando o representante comercial Ray Kroc conheceu o restaurante dos irmãos Dick e Maurice McDonald, administrado com notável eficiência. Dono de um raro espírito empreendedor, Kroc juntou suas economias e propôs aos irmãos McDonald a franquia do nome da família para a abertura de um outro restaurante, que funcionasse nos mesmos moldes. Negócio fechado, em abril de 1954 o ex-representante comercial inau…

FROTA CRESCENTE ESTIMULA FRANQUIAS

Imagem
Nos últimos dez anos, a frota brasileira cresceu e se renovou. Ao ano, cerca de 3 milhões de automóveis entraram em circulação. Com esse cenário, é natural que negócios que envolvam o setor floresçam. É exatamente isso o que está acontecendo com as franquias automotivas, também impulsionadas pela chegada de novos consumidores das classe C e D. Esta expansão favorece, principalmente, modelos já conhecidos no mercado - principalmente em acessórios, equipamentos de som, serviços de manutenção, reparos de pintura, mecânica, autopeças, pneus, óleos lubrificantes, entre outras atividades. Segundo dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising) as franquias cresceram, em 2010, 20,4% em relação ao ano anterior, O faturamento foi R$ 76 bilhões - contra R$ 63 bilhões de 2009. A entidade não sabe estimar quanto está relacionada ao segmento, mas sem dúvida o setor automotivo é um dos que mais puxam o crescimentoeconômico.
Dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automoto…

O FRANCHISING SEDUZ A NOVA GERAÇÃO

Imagem
POR GERSON GENARO E ANDREA CORDIOLI Renovação natural e capacidade ilimitada de gerar valor atraem jovens para o setor


Fonte:  Matéria reproduzida da Revista Franquia & Negócios - Edição 37


Os jovens descobriram o franchising. Existe uma renovação natural no comando das empresas pioneiras, cujos controladores completam mais de 20 anos à frente das operações. E uma saudável preferência por parte dos novos empreendedores, por diversos motivos. Empreender, por exemplo, tornou-se a forma de criar novas opções de emprego ou uma alternativa ainda mais sedutora para construir uma carreira no mundo dos negócios. Outros, com a cara e coragem e mesmo sem formação universitária ou MBA, enfrentam o desafio de erguerem redes em condições inimagináveis, como relatamos nesta matéria de capa. Ao contrário do que acontece em muitos países, quando a busca de opções no terreno inóspito do empreendedorismo ocorre quando cresce a taxa de desemprego, no Brasil, os que se lançam no franchising, querem um trab…