PERGUNTA DO LEITOR: QUAL O FATURAMENTO IDEAL DE UMA FRANQUIA?



Prezados leitores,


Vou compartilhar algumas dúvidas de leitores, acho que agregará bastante para todos os interessados neste setor.


Recebi os seguintes perguntas de um querido leitor: 


"Bom dia Erica,
Estive lendo o seu blog sobre as franquias, gostaria de algumas informações, estou vendo franquias para montar, interessei por uma de investimento de 350 mil reais, já inclusos taxa e estoque inicial. o que você me diz que faturamento mensal devo ter, a empresa cobra royalties de 6,7%, seria alto este valor?"



Vamos lá, a principio o valor do investimento está dentro da grande média das franquias existentes hoje no mercado.

Para sabermos qual o faturamento ideal, precisamos saber antes qual a margem de lucro que a operação lhe renderá versus o prazo de retorno (pay back) desejado.

Vamos supor que você deseje que o payback do negócio seja em 24 meses. Qual o lucro mínimo necessária então? A resposta é R$ 14.583,33, sem correçao de valor presente/juros. Então vamos considerar R$ 15.000 de lucro líquido no mínimo (Lucro líquido = Faturamento Bruto - todas as despesas fixas, variáveis, custos, impostos, taxas de franquias e CMV (custo com mercadoria).

Faça o calculo agora com a média de faturamento (Lucro dividido pelo faturamento = lucratividade em %) que lhes apresentaram no plano de negócios e veja se há realmente este potencial. O ideal é não ser menor que 15%.

Se você esperar o retorno do seu investimento em 30 meses. Faça o mesmo raciocínio lógico.

Quanto aos Royalties, varia muito neste setor, pois não existe uma regra ou lei que regularize para esta cobrança. Pelo percentual, acredito que seja sobre faturamento bruto. 

Boa sorte e muito sucesso a todos,

Abraços,


Erica Andrade

Comentários

Anônimo disse…
Muito bom Post Erica.

Grande Abraço.
Vinícius Machado
Erica Andrade disse…
Muito obrigada Vinícius!

Grande abraço,

Erica

Postagens mais visitadas deste blog

FRANQUIAS BRASILEIRAS INTERNACIONALIZADAS

PORTUGAL - DESTINO DE FRANQUIAS BRASILEIRAS

FATOR EMOÇÃO NO FRANCHISING (E-FACTOR) E SELEÇÃO DE FRANQUEADOS