Relacionamento com os franqueados: Um fator do Sucesso




Recebi uma pesquisa sobre os prinicpais fatores que influenciam o relacionamento entre os franqueados e franqueadora.

Sempre gosto de falar aos candidatos a uma franquia que o sucesso possui três pilares de sustenção:

1) A marca: Imprescendível que seja bem percebida pelo público alvo, que tenha uma referência no mercado onde atua;

2) Localização do Ponto: Fator estratégico que permite expor a marca e atingir o público target.

3) Gestão do Franqueado: Acredito ser o fator mais importante, daí a importância da Franqueadora selecionar com critério o parceiro que se tornará um franqueado da sua rede.

Apesar destes pilares, não adianta a franqueadora gastar rios de dinheiro no processo de seleção de franqueado, marketing para divulgar a marca, investir em produtos e tecnologia (apesar da extrema importância) se faltar o ingrediente principal: o bom relacionamento com os franqueados. São os franqueados que dão referências da rede franqueadora, se dedicam integralmente "barriga no balcão" para garantir o sucesso de cada unidade.

Portanto franqueadores, invistam em tudo: marketing, produtos, qualidade no serviço, tecnologia, mas não se esqueçam jamais: o franqueado acreditou no seu sonho, investiu dinheiro próprio e se dedica 24 hs no projeto. Ele não é seu sócio e não é seu funcionário, mas um parceiro leal e comprometido. Tenha transparência na operação e ganhará franqueados fieis, interessados em ter muito mais que uma unidade.

Segue as questões e os resultados da pesquisa:

- Que área gera mais conflito na franquia?
Operacional 36%
Financeiro 29,4%
Marketing 15,1%
Comercial 14,3%
Jurídico 5%

- Qual o principal motivo de conflito?
Taxas praticadas 21,1%
Perfil do franqueado / franqueador 21,1%
Falta de estrutura de suporte 20,2%
Divergência na interpretação dos contratos 18,3%
Supervisores de rede mal orientados 14,7%
Administração inadequada do fundo de propaganda 4,6%

- Qual a principal consequência gerada pós-conflito?
Enfraquecimento da relação franqueador-franqueado 36,4%
Despadronização do formato da franquia 18,7%
Danos à imagem da marca 16,8%
Queda no desempenho das franquias 11,2%
Inadimplência dos franqueados 8,4%
Troca de bandeira pelo franqueado 8,4%

- Qual a ação mais importante para evitar ou minimizar conflitos?
Reuniões periódicas do franqueador com os franqueados 36,4%
Trabalho ativo e consistente da supervisão da rede 18,7%
Criação de uma estrutura de suporte operacional 16,8%
Treinamento 11,2%
Administração participativa do fundo de propaganda (conselho de franqueados) 8,4%

Fonte da pesquisa: IPACSP

Comentários

Patrícia disse…
Olá,

Onde posso encontrar está pesquisa na integra?
Olá Patrícia,

esta pesquisa encontra-se em um livro especializado em Franchising.

Vou buscá-lo em minha biblioteca e lhe passo o nome do autor.

Abraços,

Erica

Postagens mais visitadas deste blog

FRANQUIAS BRASILEIRAS INTERNACIONALIZADAS

PORTUGAL - DESTINO DE FRANQUIAS BRASILEIRAS

FATOR EMOÇÃO NO FRANCHISING (E-FACTOR) E SELEÇÃO DE FRANQUEADOS