VOCÊ CONHECE O CONCEITO DE POP-UP STORE?

São Lojas temporárias que aproveitam oportunidades para ganhar os clientes. Estas lojas temporárias não duram mais que seis meses. O objetivo principal é explorar o público momentâneo no local.

No Brasil, essa tendência ganhou força em 2009. Algumas marcas que aderiram foi a Nike, na Galeria do Rock – Centro de São Paulo, a Puma na Vila Mariana.
O Shopping Market Plaza, em Campos do Jordão, nasceu como um shopping pop-up, que abre durante a alta temporada da cidade.

Uma pop-up pode fazer também de uma loja-teste para avaliar o mercado, para avaliar o mercado antes de investigar num comércio definitivo.

É importante entender que o conceito pop-up não é de bazar ou out-let, mas sim de criar um ponto de venda para linhas exclusivas ou temporárias de uma marca e até mesmo para coleções normais, assim valorizar o produto é a maior razão de ser dos pop-ups store. A operação temporária tem que aproveitar o senso de urgência e a oportunidade. Essas lojas temporárias são criadas primeiramente para impactar o público, no lançamento de uma empresa ou de umas linhas de produtos.

O sucesso depende principalmente da capacidade de encontrar localizações adequadas, em períodos de demanda elevada, e de criar o elemento-surpresa. Por isso, deve-se evitar repetições das mesmas ações.

Os pop-ups podem ser instalados tanto em rua quanto em Shopping. Nas lojas de rua, há resistências dos proprietários em negociar a locação do imóvel por pouco tempo e nas lojas em shoppings pode ser uma boa chance de cobrir vacâncias.

Sucesso!

Erica Andrade

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRANQUIAS BRASILEIRAS INTERNACIONALIZADAS

PORTUGAL - DESTINO DE FRANQUIAS BRASILEIRAS

Por que padronizar a rede?